18 de maio

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais
Maria da Penha ONLINE Governo do Distrito Federal
21/03/24 às 17h50 - Atualizado em 21/03/24 às 18h02

Operação retira 450 toneladas de lixo

COMPARTILHAR

Administradora Regional Telma Rufino e Militares da Marinha (Foto: Ascom/Bertolucci)

        A administração regional de Arniqueira concluiu, na última terça-feira (19), sob a coodenação da administradora Telma Rufino, a limpeza de um lote localizado na QS 11 do Areal, como parte da continuação da Operação de Combate à Dengue, iniciada em 13 de março. A operação contou com a participação especial do Grupamento de Fuzileiros Navais da Marinha do Brasil, do Corpo de Bombeiros Militar e da Polícia Militar. Os militares receberam apoio de dezenas de servidores da vigilância ambiental, da Secretaria de Saúde, da DF Legal, da Administração Regional de Arniqueira, do GDF Presente Polo II e de agentes de saúde da Clínica da Família. Para esta operação, a Marinha disponibilizou 110 militares, enquanto os bombeiros enviaram outros 35, que se uniram aos servidores do GDF para essa grande ação contra o mosquito Aedes aegypti.

Lote limpo na QS 11 do Areal (Ascom/Bertolucci)

        A Operação foi iniciada pelo GDF e coordenada pela Administradora Regional de Arniqueira, Telma Rufino, que determinou a limpeza dos lotes onde acumuladores haviam depositado lixo, objetos inservíveis e inutilizáveis, localizados na QS 08 e QS 11 do Areal. Ambos os domicílios já estavam registrados em denúncias feitas por moradores devido à dengue.

       Durante quatro dias, os agentes da vigilância ambiental, com o apoio da administração regional, agentes de saúde da Clínica da Família e da DF Legal, esforçaram-se para retirar 70 toneladas de diversos tipos de objetos inservíveis, entulho, recicláveis e lixo da QS 11. No domicílio localizado na QS 08, também sob coordenação da administradora regional, foram removidas mais de 96 toneladas de lixo e outros objetos. Em ambos os lotes, a administração regional teve que usar um trator para a limpeza.

Trabalhadores fazem limpeza em lote na QS 11 (Foto: Ascom//Bertolucci)

     Durante a operação, a administração recolheu cerca de 450 toneladas de lixo, entulho e objetos inservíveis de lotes abandonados, área pública e domicílios com acumuladores.

        A Vigilância Ambiental e os Fuzileiros Navais fizeram um balanço da Operação, com cerca de dois mil domicílios vistoriados, 2.252 depósitos de água encontrados e cerca de 200 possíveis focos de larvas do mosquito Aedes aegypti eliminados.

         Telma avaliou como positiva a Operação e destacou o grande apoio dos militares da Marinha do Brasil. "Temos um déficit de mão de obra para uma ação tão grande. Os militares da Marinha e dos Bombeiros foram muito importantes. É claro que eles foram eficazes porque  estavam apoiados pelos servidores do GDF", destacou a Administradora Regional. Ela também ressaltou a importância da comunidade em contribuir para a luta contra a dengue, mantendo suas casas limpas e sem água parada.

Recicláveis retirados na QS 11 Areal (Foto: Ascom/Bertolucci)         

        Segundo a Secretaria de Saúde, 75% dos mosquitos Aedes aegypti encontrados estão dentro das próprias casas, o que reforça a importância de ficar atento. Denúncias devem ser feitas apenas pelos canais oficiais do GDF, no disque 162 ou no site www.participa.df.gov.br. Em caso de foco de dengue, ligue para o 199 (Defesa Civil) ou 193.

Mapa do site Dúvidas frequentes